8 Razões pelas quais o abdômen tende a acumular gordura

8 Razões pelas quais o abdômen tende a acumular gordura

A maioria das pessoas deve lutar constantemente contra a gordura abdominal, já que ela costuma se acumular com facilidade e é muito difícil de ser eliminada. O abdômen é uma das áreas de nosso corpo que mais tende a se expandir, afetando a figura e, consequentemente, a saúde. Vários estudos identificaram que a gordura abdominal não é apenas um problema estético, mas pode chegar a reduzir a densidade óssea, aumentando o risco da pessoa de sofrer de osteoporose, além de aumentar as chances de ter asma. É por este motivo que é importante conhecer as causas do acúmulo de gordura abdominal, para que possamos encontrar a solução adequada.

Genética

genetica

Pesquisadores do Instituto Sanford Burnham (Estados Unidos) determinaram que a gordura corporal varia geneticamente em diferentes partes do corpo. Além disso, outros estudos identificaram que a genética desempenha um papel muito importante na relação com o nível de saciedade de cada indivíduo. As pessoas que, por genética, tendem a comer mais, também tendem a acumular mais gordura abdominal. Se na família existirem várias pessoas que acumulam gordura no abdômen, é possível que você também tenha essa tendência.

Não dormir o suficiente

As pessoas que não dormem o suficiente tendem a consumir mais calorias e a armazenar gordura abdominal. A falta de sono reduz o nível do hormônio leptina e aumenta o hormônio grelina, que é o que causa o aumento de peso. De acordo com os estudos, as pessoas que dormem somente 6 horas diárias têm um risco até 27% maior de sofrer de obesidade do que as pessoas que dormem cerca de 9 horas por noite.

Estresse

Assim como a baixa qualidade do sono, o estresse também produz alterações hormonais que podem acabar aumentando o nosso peso. De acordo com a nutricionista Patrícia Ramírez, durante as situações de estresse se estimulam as glândulas suprarrenais para liberar hormônios como a adrenalina e o cortisol. Quando os níveis de cortisol aumentam, eles favorecem a formação de gordura no organismo, especialmente a que se acumula no abdômen.

Falta de exercício

exercicios

O exercício é uma das melhores maneiras de manter o metabolismo ativo e de queimar gordura. Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins de Baltimore (Estados Unidos) determinaram que é fundamental fazer exercícios para atingir o peso ideal, já que não se trata somente de um problema estético, mas também de saúde. Fazer exercícios ajuda a queimar gordura e é a melhor forma de ter uma boa saúde cardiovascular.

Má alimentação

A alimentação rica em carboidratos e gordura é outra das principais causas do acúmulo de gordura abdominal. O mercado está cheio de produtos pouco saudáveis e, como consumidores, devemos identificá-los. Entre os alimentos que podem causar a obesidade, encontramos:

  • Os alimentos processados
  • As carnes embutidas
  • As farinhas brancas
  • Os doces
  • Os enlatados
  • Os refrigerantes

Portanto, é preciso planejar uma boa alimentação que inclua frutas,verduras, cereais integrais, carnes magras e água.

Consumir bebidas alcoólicas em excesso

O consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode influenciar no aumento de peso, já que não são mais do que calorias líquidas e vazias. Em um estudo publicado na revista European Journal of Clinical Nutrition foi revelado que o consumo excessivo de álcool é um fator que aumenta em 50% a predisposição ao acúmulo de gordura abdominal.

Medicamentos

medicamentos

Alguns medicamentos podem causar o aumento de peso quando são consumidos por muito tempo. Entre eles, encontramos aqueles receitados para tratar a diabetes, convulsões, transtornos do estado de ânimo, enxaquecas, hipertensão arterial, pílulas contraceptivas e terapia de reposição hormonal. É importante esclarecer que nem sempre eles causam aumento de peso, já que seus efeitos variam dependendo do organismo de cada um.

Beliscar entre as refeições

Ainda que comer em várias porções ao longo do dia seja algo recomendado para controlar o peso e ativar o metabolismo, “beliscar” entre as refeições fazendo lanches pouco saudáveis pode causar exatamente o contrário. Beliscar alimentos como batatas fritas, bolachas recheadas ou doces aumenta a ingestão calórica e, com ela, a gordura abdominal.

O que fazer?

bebidas

Independentemente de qual for a causa do acúmulo de gordura na região abdominal, é muito importante combatê-la para prevenir problemas de saúde. As chaves para agir contra a gordura abdominal incluem:

  • Alimentação adequada
  • Prática regular de exercícios cardiovasculares e exercícios localizados
  • Dormir pelo menos 8 horas todas as noites
  • Beber bastante água
  • Desintoxicar o organismo
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
  • Mastigar bem os alimentos ao ingeri-los

Fonte:Melhorcomsaude

Anúncios

De corpo inteiro

Como a terapia holística me ajudou a recobrar a sanidade durante uma fase difícil da vida.

Marília Moschkovich

A sequência de acontecimentos em algumas fases da vida parece ser pesada demais para carregarmos. O ano de 2007 foi assim, para mim. Fiquei mal. A determinada altura eu não tinha vontade de levantar da cama. Num papo desses de bar, uma amiga disse que estava se tratando com um terapeuta holístico. Eu não tinha a menor ideia do que isso significava, mas peguei o telefone dele e resolvi descobrir. Àquela altura eu só sabia que precisava mesmo de alguma ajuda. Chegando ao consultório, em Campinas (SP), conheci Fernando Neiva, que hoje trabalha como coach holístico em diversas cidades do País.

Conversamos muito e então ele me pediu para que deitasse numa maca de bambu. Com a ajuda de um pêndulo e de um aura-meter, estimou os deslocamentos do meu campo energético e mediu o fluxo eletromagnético em alguns pontos do corpo. Me disse que as medições funcionavam como um mapa para ele, que já começava a identificar os nós que estavam dificultando a boa fluidez da energia. “A terapia holística funciona facilitando a comunicação entre o corpo material, físico, e a energia associada a ele. Os distúrbios e desequilíbrios que sentimos vêm do descompasso entre um tipo de corpo e outro”, explica Neiva.

Para liberar esses canais, a terapia holística mistura diversas técnicas, como meditação, reflexologia podal, massagens e até mesmo drenagem linfática. O ponto do tratamento, porém, é que o paciente aprenda a lidar com o corpo e as emoções de maneira a não depender das terapias, a longo prazo, para resolver. “Meu objetivo como terapeuta é que a pessoa aprenda a não ficar mais doente, desequilibrado, no estado de estresse energético e físico em que normalmente chega aqui”, diz Fernando.

De fato, retornei ao consultório durante os três meses seguintes, todas as semanas, para sessões que variavam de uma a duas horas. Aos poucos fui melhorando. Meus pés já não tocavam o fundo do poço, e voltei a me encantar pelo mundo e pelas possibilidades de estar aqui. O tratamento me permitiu inclusive enxergar caminhos permanentes de mudança em minha vida, na forma de lidar comigo mesma e com os outros. Aprendi, então, que se a mente às vezes me parece a parte mais essencial dos meus dias, ela precisa do corpo material e energético para existir.   

11694920_921635084547108_5395182824394903801_n

Apenas aceite a vida

fotoacupuntura

Para ser um único ser, totalmente conectado em si mesmo, vivenciando apenas o presente, é preciso ter vontade e compaixão por si próprio, porque mudar hábitos, tão enraizados como os nossos, leva tempo e paciência e, se não pudermos nos perdoar pelas várias tentativas fracassadas que teremos, percebendo que isso apenas faz parte do processo, será difícil colher os frutos desta nova vida maravilhosa e calma que aspiramos.

Cinco passos para a reflexão

– Pare de pensar. Você sabe exatamente o que tem que fazer ao longo do dia. Se tem medo de esquecer, anote e depois esqueça;

– Não fique vivendo e revivendo momentos do passado e discutindo consigo mesmo quem estava certo e quem estava errado naquele momento, pois este já se foi. Não há nada que você possa fazer. Além disso, você está tão distraído em pensamentos que não está prestando atenção ao que está acontecendo agora;

– Não reaja. Não se justifique. Não fique na defensiva. Se estiver sempre armado, estará sempre se sentindo numa batalha e portanto, nunca conseguirá relaxar. Ficará se cobrando, será mais crítico com os outros e a síndrome da culpa estará sempre no seu encalço, porque você está demasiadamente preocupado com o que os outros estão pensando de você;

– Seja mais agradecido. Se focalizar o que acontece de bom na sua vida, verá que automaticamente as coisas ruins desaparecerão pouco a pouco;

– E, por favor, você não controla a vida! Então pare de pensar que se você fizer ou deixar de fazer algo o mundo vai explodir, a empresa vai falir, seu companheiro vai lhe abandonar, seu filho vai fugir de casa, etc, etc.

Apenas aceite a vida, adapte-se a ela e deixe para decidir na hora em que as coisas acontecem. Não interprete as situações e as pessoas, porque você sempre estará vendo sob um ponto de vista limitado. Esvazie e aquiete sua mente.

Osho